Outsourcing de profissionais de TI: qual o ROI que a sua empresa pode obter?

O Outsourcing de profissionais de TI é uma prática que está se tornando cada vez mais popular entre empresas de todos os portes pelas diversas vantagens que ela proporciona para as empresas. Resumidamente, essa solução consiste em uma espécie de terceirização dos serviços na área do TI, na qual uma equipe de profissionais especializados auxilia na organização dessa área sem a necessidade da contratação direta.

Se você quer otimizar seu negócio e maximizar sua eficiência, então continue lendo este conteúdo, pois nele trazemos as melhores dicas para implementar o Outsourcing de profissionais de TI e, após, listados os retornos obtidos pelo negócio!

O que fazer antes de implementar o Outsourcing de profissionais de TI?

Não basta simplesmente contratar qualquer empresa de Outsourcing de profissionais de TI. É crucial realizar determinadas medidas para garantir que os benefícios desse serviço sejam aproveitados pelo negócio. Veja as principais delas a seguir.

Estude as necessidades do seu negócio

O primeiro passo é analisar quais são as demandas do seu negócio que deverão ser atendidas com o Outsourcing. Para isso, faça um levantamento das suas necessidades, falhas e fraquezas na área, como:

•             Custos elevados com pessoal de TI;

•             Falta de pessoal qualificado;

•             Ineficiência na área;

•             Excesso de erros;

•             Segurança precária;

Realize um diagnóstico dos processos de TI da sua empresa

Após, estude minuciosamente seus procedimentos de TI, incluindo aspectos como atividades diárias e rotineiras, custos operacionais, os profissionais responsáveis, quais são os softwares e hardwares utilizados, qual o nível de capacitação e profissionalização de cada colaborador da área, entre outros aspectos.

Também é recomendável que seja feito um fluxograma (representação visual dos processos) que indique como o TI se interliga com outras áreas.

Com todas essas informações em mãos, o gestor poderá visualizar como o Outsourcing de TI se encaixará e funcionará na empresa. Pode-se entender, por exemplo, saber quais serão os impactos do serviço no restante da empresa, quais atividades se tornarão mais eficientes e otimizadas graças aos novos profissionais, entre outros detalhes.

Procure por parceiros confiáveis

Assim como outras parcerias, também é preciso tomar cuidados antes de contratar o Outsourcing de profissionais de TI. Esse tema se torna ainda mais importante pelo fato do TI ser uma área estratégica que impacta diretamente na rotina de todo o negócio. Você pode:

•             Pesquisar seus cases de sucesso e antigos clientes;

•             Analisar a capacitação e experiência do pessoal de TI;

•             Estudar se os objetivos estão alinhados;

•             Solicitar o SLA de atendimento.

Avalie a parceria de forma constante

Empresas são entidades que estão em constante evolução e transformação, por isso um Outsourcing de TI que foi contratado atualmente pode não ter as mesmas características no futuro. Isso ocorre especialmente no ramo da tecnologia, já que continuamente estão surgindo inovações tecnológicas, novas linguagens de programação etc.

Mesmo o acordo com a entidade seja bastante sólido e confiável, é fundamental que a parceria seja revisada periodicamente. Assim, você consegue averiguar se os colaboradores do parceiro estão se mantendo atualizados e em constante capacitação.

Outro aspecto importante está no fato de que as necessidades da sua empresa também alterarão com o tempo, o que significa que é importante verificar se o serviço se manterá adequado para sua empresa.

O ROI de Outsourcing de Profissionais de TI na prática

O Retorno Sobre o Investimento (ROI) será proporcionado de diferentes formas, fazendo com que esse serviço seja mais vantajoso do que muitos gestores acreditam. Confira os principais ganhos a seguir.

Ganho de desempenho

Pelo fato de o Outsourcing ser uma espécie de terceirização, a entidade não despenderá com processos seletivos, treinamentos, análise dos colaboradores, entre outras atividades que normalmente demandam muito tempo do pessoal de Recursos Humanos (RH).

Outro aspecto relevante está no fato de que os profissionais serão excepcionalmente qualificados, por isso eles desempenharão suas atividades com maior velocidade, maximizando a eficiência do negócio.

Diminuição de erros operacionais

Mesmo que eles sejam pequenos ou pareçam irrelevantes, falhas na área de TI podem comprometer o desenvolvimento e até mesmo a sobrevivência do negócio. No entanto, uma boa empresa de Outsourcing investe na profissionalização, capacitação e experiência do seu pessoal. Com isso, dificilmente eles cometerão os mesmos erros que iniciantes e indivíduos com pouca ou média experiência.

Redução de custos

A economia de custos é conquistada de diferentes formas, uma delas está ligada aos encargos sociais e trabalhistas (como 13º, férias, FGTS, INSS etc.). Sua organização não contratará os profissionais diretamente (com carteira assinada), apenas arcará com o valor que o foi acordado — que pode ser quinzenal, mensal, anual, entre outros prazos.

Também será observada uma economia pela melhor otimização do negócio, já que as tarefas serão desempenhadas em um menor espaço de tempo e com menos erros, além de que gargalos e retrabalhos serão minimizados.

Por fim, o budget com treinamentos e capacitações é minimizado. Além de não arcar com os valores dos cursos para os profissionais, também não há gastos com pesquisa sobre os cursos para saber quais seriam os mais adequados para o pessoal.

Satisfação de seus clientes

Em razão da menor quantidade de erros, falhas, atrasos e outros problemas nos sistemas, plataformas, servidores, computadores e redes da empresa, os clientes terão uma experiência mais satisfatória ao utilizar seus ambientes virtuais.

Como também, os colaboradores poderão atender com maior proeza seus clientes. Por exemplo, serão mais raras as ocasiões em que o sistema fica fora de ar e o pessoal do atendimento fica impossibilitado de resolver as demandas dos clientes.

Melhorias internas da empresa

O ambiente interno da entidade também será beneficiado, pois a equipe do TI será mais enxuta e possibilitará uma melhor administração pelos líderes. Além disso, graças a um contrato de suporte de TI flexível, as necessidades da entidade serão melhor atendidas e problemas serão resolvidos mais rapidamente, o que melhora a produtividade do pessoal.

Profissionais qualificados para o seu negócio

Encontrar bons profissionais de TI não é uma tarefa fácil e ela se torna mais árduo pela necessidade de identificar aqueles que são mais competentes e capacitados. Entretanto, você pode garantir que terá esses indivíduos à sua disposição com o Outsourcing, já que a empresa será responsável por essa busca.

banner ebook suporte de ti

São várias as vantagens proporcionadas pelo Outsourcing de profissionais de TI, tratando-se de um serviço fundamental para o pleno funcionamento do ambiente de TI da sua empresa. No entanto, é necessário que você também tome as medidas explicadas para assegurar que a implementação desse Outsourcing seja concluída com sucesso.

Estamos sempre trazendo novos conteúdos que poderão ser úteis para a gestão do seu negócio! Então acesse, confira e acompanhe nossos novos artigos no Blog!

Conte com a consultoria de TI da iamit para ter o sucesso necessário no suporte da sua empresa

A competitividade entre as empresas está cada vez maior, exigindo um grande foco na capacidade de aproveitar, ao máximo, todos os recursos disponíveis. Para isso se tornar uma realidade, uma alternativa interessante é a consultoria de TI, porque essa prática ajuda a identificar as principais tendências em Tecnologia da Informação.

Além disso, permite selecionar as soluções que estarão mais adequadas às necessidades da companhia. Não adianta, por exemplo, investir pesado em um sistema de gestão, caso as funcionalidades da ferramenta não contemplem a demanda institucional de forma impecável.

Neste artigo, vamos destacar diversos pontos relacionados com o trabalho de consultores especializados em TI. O objetivo é contribuir para o seu negócio alcançar melhores resultados a partir de uma orientação de alto nível. Leia com atenção!

Por que você precisa da consultoria de TI na sua empresa?

Mesmo que uma empresa tenha profissionais de Tecnologia da Informação altamente qualificados e experientes, não é fácil ter um olhar atento e estratégico sobre as principais tendências do mercado de TI. Um dos motivos engloba a velocidade que novas soluções tecnológicas aparecem à disposição das companhias.

E analisar como esses novos recursos podem ajudar na melhoria contínua do negócio não é uma tarefa simples. Afinal, é necessário avaliar como a inovação apresentada pode ser aplicada na instituição de forma estratégica. Também é imprescindível verificar se os recursos atuais podem ser aperfeiçoados, pois investir em tecnologia exige um grande planejamento.

Em um cenário de instabilidade econômica, as empresas precisam de muita cautela para aplicar recursos financeiros e conseguirem um retorno em curto prazo. Para terem mais segurança ao apostarem em um recurso tecnológico, um bom caminho é contar com uma consultoria de TI.

A partir de uma orientação especializada e atenta às mudanças do mercado, uma corporação terá mais condições de optar pelas ferramentas mais indicadas para atingir uma performance acima da média.

Não basta trocar um sistema por outro, pois o mais importante é ter as soluções ideais para aumentar a produtividade e interagir com o público-alvo de maneira mais eficiente e ágil.

Em virtude da correria do dia a dia e da necessidade de manter o ambiente de TI corporativo extremamente seguro e produtivo, a equipe interna de Tecnologia da Informação terá muitas dificuldades para acompanhar as tendências do mercado e apontar os recursos tecnológicos mais adequados para superar os desafios impostos pela transformação digital.

Com uma consultoria de TI, fica muito mais fácil para uma empresa identificar as melhores práticas para empregar os recursos tecnológicos de maneira estratégica e inteligente.

Isso também é muito importante para o setor interno de Tecnologia da Informação proporcionar um suporte que reduza, ao máximo, problemas relacionados com falhas nos ativos de TI ou com ataques cibernéticos.

O avanço das ameaças digitais tem tornado cada vez mais complexa a missão dos times internos de Tecnologia da Informação em proteger o ambiente. E isso não pode ser ignorado, porque uma carga elevada de trabalho pode causar estresse e perda de rendimento, o que abre espaço para os erros.

Essa situação pode ser perfeitamente evitada ao ter à disposição consultores voltados para um olhar mais estratégico sobre o mercado.   

Consultoria de TI e Suporte de TI: entenda as diferenças e saiba qual o melhor para o seu caso

No tópico anterior, destacamos que a consultoria de TI é responsável por algo que tem uma grande influência para os recursos tecnológicos serem utilizados com maestria: a estratégia. Em outras palavras, os consultores têm como principal objetivo avaliar as tendências e verificar quais as soluções estão mais adequadas para a realidade de um negócio.

Dependendo do perfil de uma companhia, é possível, por exemplo, optar pela computação em nuvem no formato híbrido. Contudo, essa decisão não é tão fácil assim de ser tomada, porque é preciso escolher um bom provedor de serviço e analisar quais as informações podem ficar em uma cloud pública.

Se o provedor de nuvem tiver um problema e for atacado por cibercriminosos, muitos serviços corporativos podem ser afetados de forma significativa. Por isso, é vital que haja uma análise criteriosa para escolher o parceiro de cloud computing a ser contratado, algo que pode ser perfeitamente realizado por uma consultoria de TI.

Por outro lado, o suporte de TI tem como atribuição manter o ambiente de Tecnologia da Informação o mais produtivo possível. É uma tarefa que exige muita organização e eficiência, porque é necessário monitorar o fluxo de informações para minimizar os riscos de um ataque cibernético prejudicar o andamento das atividades.

Além disso, é fundamental gerenciar os ativos de Tecnologia da Informação para reduzir, ao máximo, a necessidade de manutenções emergenciais, algo que, em muitos casos, paralisa os serviços por um longo período, fazendo com que a companhia tenha menos faturamento e condições de reter os clientes.

Outro papel relevante do suporte de TI engloba o acompanhamento das licenças de software. Essa iniciativa é fundamental para uma empresa usar os sistemas de maneira correta e evitar problemas com o uso de programas falsos, prática que pode causar prejuízos financeiros e de reputação.

Conheça os benefícios de contar com a consultoria de TI iamit para elevar o suporte de TI na sua empresa

É bastante válido destacar que uma consultoria pode ajudar bastante a melhorar os trabalhos da equipe de suporte em Tecnologia da Informação. Afinal, permite escolher as soluções mais adequadas para um bom rendimento e viabiliza adotar boas práticas para tornar o rendimento do time cada vez melhor.

banner ebook suporte de ti

Com foco em resultados, a iamit se caracteriza por atuar no segmento de consultoria de TI nas áreas de infraestrutura, desenvolvimento e segurança. Isso é imprescindível para manter o ambiente mais protegido, desenvolver sistemas que estejam dentro das necessidades empresariais e adotar boas práticas em Tecnologia da Informação.

Contar com um olhar amplo sobre o setor de TI permite a qualquer companhia estar mais conectada com as mudanças impostas pela transformação digital. E isso somente é viável com um apoio diferenciado de consultores experientes e qualificados.

Se pretende aperfeiçoar o uso de soluções tecnológicas de maneira significativa, fique à vontade para agendar uma reunião conosco agora mesmo! Estamos à disposição para tornar o seu negócio mais competitivo e capaz de inovar com qualidade e inteligência.

As novidades do Windows 11 que todo profissional de TI deve conhecer

O Windows 11, novo sistema operacional desenvolvido pela Microsoft, foi revelado em 24 de junho de 2021, com lançamento previsto para o dia 5 de outubro do mesmo ano.

Para as pessoas que usam a versão convencional, bem como para empresas e profissionais de TI, é essencial conhecer tudo sobre esse novo S.O. antes de realizar a migração.

Afinal, nos primeiros dias (ou semanas), provavelmente será necessário se adequar a algumas mudanças feitas em cima do Windows 10, o antecessor que já está há 6 anos no mercado.

Que tal entender tudo sobre o Windows 11 e por que é importante que profissionais de TI fiquem atentos a nova versão do sistema operacional mais utilizado no Brasil? Vamos lá!

Windows 11: quais as novidades gerais do sistema operacional da Microsoft

O Windows 11 é a versão mais recente do sistema operacional da Microsoft, sendo o sucessor do Windows 10. O novo sistema operacional apresenta uma interface totalmente nova, simplificada e moderna. De acordo com a Microsoft, o Windows 11 foi projetado para inspirar produtividade e criatividade.

Na atualização de uma versão para a outra, o Windows 11 vai oferecer novos recursos, incluindo um design mais simples destinado a aumentar a produtividade, facilidade de uso e criatividade dos usuários.

Ele foi desenvolvido para expandir as maneiras de se conectar com as pessoas, promovendo melhores experiências (como nos jogos de PC) e maneiras mais rápidas de obter as informações que o usuário precisa.

Além disso, a Microsoft Store foi totalmente remodelada, com um ecossistema de colaboração mais amplo, com mais oportunidades para desenvolvedores e outros colaboradores.

Para resumir, podemos elencar as novidades do Windows 11 em:

  • Nova interface;
  • Novos aplicativos;
  • Novo menu iniciar;
  • Gerenciamento otimizado;
  • Melhor gerenciamento de janelas;
  • Melhor suporte a máquinas virtuais;
  • Integração de apps Android com Windows 11;
  • Integração do Microsoft Teams à barra de tarefas;
  • Acesso a widgets direto da barra de tarefas (e possibilidade de personalização).

O que saber antes de migrar para o Windows 11?

Para os profissionais de TI, há alguns detalhes que não podem passar batido quando o assunto é a migração para o Windows 11. Organizamos eles a seguir, confira:

  • A atualização para o Windows 11 será um upgrade gratuito oferecido no dia 5 de outubro para todos os usuários do S.O. Windows.
  • O suporte da Microsoft ao Windows 10 vai terminar em 24 de outubro de 2025.
  • Para realizar a atualização para o Windows 11 manualmente, você pode seguir os seguintes passos (enquanto no Windows 10):
    • Configurações > Atualização e segurança > Windows Update > clique em Verificar atualizações > se disponível, você verá Atualização de recursos para o Windows 11 > clique em Baixar e instalar.
  • O usuário pode permanecer utilizando o Windows 10, se quiser — esse é um movimento comum da marca, já que vários usuários ainda utilizam o Windows 7 ou 8, por exemplo.
  • Para tablets, o Windows 11 melhora a experiência de toque, com mais espaço entre os ícones na barra de tarefas e adicionando gestos.

Além disso, vale mencionar quais os requisitos mínimos do sistema para se qualificar para atualização ao Windows 11.

  • Processador: 1 gigahertz (GHz) ou mais rápido com dois ou mais núcleos em um processador de 64 bits, compatível ou System on a Chip (SoC).
  • RAM: 4 GB.
  • Armazenamento: dispositivo de armazenamento de 64 GB ou maior.
  • Firmware do sistema: UEFI, capaz de realizar o Secure Boot.
  • Placa de vídeo: compatível com DirectX 12 ou posterior com driver WDDM 2.0.
  • Tela: tela de alta definição (720p) maior que 9″ na diagonal, 8 bits por canal de cor.
  • Conexão com a Internet: o Windows 11 Home Edition requer conectividade com a Internet e uma conta da Microsoft para concluir a configuração do dispositivo no primeiro uso. A troca de um dispositivo do Windows 11 Home no Modo S requer conectividade com a Internet.

As melhorias técnicas que irão agradar o profissional de TI

Para os profissionais e técnicos de TI, existem alguns detalhes extras que é interessante saber neste momento de migração — e alguns motivos pelo qual o mercado de TI está animado com a transformação.

Isso porque o Windows 11 promete ser melhor em questão de desempenho:

  • Possui inicialização quase instantânea;
  • Ocupa menos espaço em disco;
  • Prioriza a operação de aplicativos e processos;

Aliás, os próprios requisitos mínimos exigidos pelo novo S.O. já mostram que a atualização preza por desempenho.

Por exemplo, para processadores Intel, a atualização será suportada apenas em modelos comercializados após outubro de 2017 (da família de produtos Coffee Lake, como o i3-8300).

Já no caso de processadores AMD, o suporte ao Windows 11 inicia com a série Ryzen 2000, que foi lançada em 2018.

Em um vídeo de um dos VPs da Microsoft, explica-se que o Windows 11 poderá economizar até 35% o uso da CPU, bem como reduzir em 32% a carga sobre a memória RAM.

Vale ainda pontuar que a Microsoft aumentou a segurança no Windows 11, exigindo hardware que permite proteções como criptografia de dispositivo, inicialização segura (Secure Boot) e segurança baseada em virtualização, Windows Hello e integridade de código protegido por hipervisor.

Esses eram fatores opcionais do seu antecessor, o Windows 10.

Gostou de aprender tudo sobre o Windows 11 e porque os profissionais de TI devem ficar atentos às atualizações da nova geração de sistemas operacionais da Microsoft?

Para eliminar qualquer obstáculo na migração de S.O., que tal contar com o auxílio técnico especializado da iamit?

A consultoria em TI, parceira Gold da Microsoft, possui toda expertise suficiente para guiar sua empresa ao compliance em relação às soluções da Microsoft.

Ficou interessado? Marque uma reunião conosco!

Skype for Business ou Microsoft Teams: entenda as diferenças entre as duas soluções e como fazer a migração

Você sabia que o Skype for Business já não existe mais? Se a sua empresa dependia do software de comunicação corporativa, saiba que ela já não está mais ativa desde 31 de julho de 2021. Porém, uma outra ferramenta tomou seu lugar: o Microsoft Teams.

Você sabe tudo sobre o Microsoft Teams, as diferenças para o Skype for Business e os benefícios que essa atualização trouxe? Queremos te explicar tudo em nosso novo conteúdo. Que tal seguir a leitura conosco para aprender mais? Certeza de que você vai gostar, veja só!

Skype Business e Microsoft Teams: entenda a diferença dessas soluções

De acordo com a fabricante, as principais diferenças entre Skype for Business Online e o Microsoft Teams são referentes à performance, recursos e capacidade do primeiro. Por isso, o Skype for Business foi aposentado.

No site da própria Microsoft, ela avalia o Microsoft Team como uma experiência única entre chat, vídeo, chamada, colaboratividade na criação de documentos e integração de vários aplicativos. Ou seja, uma ferramenta adequada para os tempos atuais, em que o trabalho remoto se tornou uma das normas do mercado corporativo.

Percebe como o Microsoft Teams agrega mais valor às relações de trabalho? É porque a solução serve como um hub de colaboração.

Lembra que falamos da integração de aplicativos? Você pode integrar, por exemplo, o OneDrive (uma solução da Microsoft), como o Trello e o Evernote. Tudo ao alcance de poucos cliques, de maneira nativa, sem a necessidade de investir em programação.

Assim, você pode editar documentos junto com colegas, realizar reuniões, compartilhar arquivos e tocar toda sua rotina corporativa, com alto nível de segurança.

Além disso, de acordo com a Microsoft, através do Teams, uma empresa pode reunir equipes de 10 até 10 mil pessoas em uma reunião remota.

E já que falamos do Skype for Business Online, com o Teams, os clientes da solução online não precisam instalar individualmente o pacote Office. Afinal, a plataforma permite acesso aos recursos e ferramentas do Office Online.

E o Microsoft Teams? Falamos de aplicativo com maior enfoque na comunicação corporativa, que permitia adicionar até 250 pessoas em uma mesma reunião.

Por que você deve migrar do Skype Business para o Microsoft Teams?

O Microsoft Teams oferece alto nível de qualidade e uma ampla gama de recursos para empresas que buscam um workplace para capacitar sua operação — especialmente no trabalho remoto.

Mas… Você sabe por que deve migrar para o Microsoft Teams e porque é uma boa ideia fazer essa atualização? Te explicamos:

1# É obrigatório

Bom, essa você já esperava, certo? A migração para o Teams é obrigatória visto que o Teams é uma atualização “nativa”, dado à aposentadoria do Skype for Business.

Na verdade, para clientes do Skype for Business Online, a ferramenta já deve ter atualizado no dia 1º de setembro (para chat, videoconferências e chamadas).

Porém, se você está um pouco desatualizado sobre o assunto, saiba que essa atualização vai depender do tamanho da sua organização, número de usuários e complexidade da infraestrutura.

A própria Microsoft disponibiliza documentação sobre a atualização, caso você esteja com problemas. Porém, recomendamos agilizar o processo e buscar a assessoria de uma empresa especializada em soluções da Microsoft.

2# É muito fácil de utilizar

O Teams foi projetado para simplificar o trabalho em grupo com canais fáceis de usar, bem como recursos de chats em grupo. Múltiplos canais podem ser configurados com um ou dois cliques. Além disso, as conversas são em tópicos para torná-las mais fáceis de seguir.

O objetivo do Teams é tornar mais fácil para seus funcionários trabalharem juntos de forma mais rápida, inteligente e melhor.

3# Novos apps são adicionados praticamente todo dia

O Teams é uma solução em evolução constante. Desse modo, adiciona mais aplicativos em um regime diário, bem como otimiza o seu próprio potencial de integração a cada dia.

Isso inclui aplicativos do Microsoft 365, InVision, SurveyMonkey, Trello (que já mencionamos), entre outros.

4# Capacita seu potencial de colaboração

O Microsoft Teams é a solução certa para facilitar o trabalho em equipe.

Ele elimina a necessidade de usar e-mails para toda comunicação interna. Ou seja, sua equipe não precisa mais passar por vários e-mails para encontrar aquele arquivo ou a menção exata que estava à procura.

Tudo está integrado em um único workspace.

Assim, você pode encontrar documentos com facilidade, editá-los, compartilhá-los (com níveis de permissão de acesso), evitando problemas de armazenamento, como a duplicação.

Quer saber de um detalhe bacana? Você também pode rastrear quaisquer alterações, os seus autores e quando foram feitas. É um recurso incrível para controlar a produtividade e aumentar a segurança sobre sua gestão de documentos.

Implemente o Microsoft Teams com a expertise da iamit

Viu só como o Microsoft Teams é uma inovação bem-vinda em relação ao seu antecessor, o Skype for Business?

Esperamos que todos os benefícios da nova plataforma tenham ficado claros para você!

E agora, já sabe por onde começar a migração? Se a resposta for negativa, não se preocupe: sabemos que é um pouco complexo.

A própria Microsoft avalia esse processo como uma “transformação na forma como seus funcionários se comunicam e colaboram“, não apenas uma migração técnica.

Por isso, que tal contar com o apoio da iamit, uma Consultoria em TI que é Microsoft Gold Partner!

Ou seja, estamos em um dos mais altos níveis de parceria com a Microsoft, o que significa que temos total domínio do ecossistema de soluções, ferramentas e plataformas da maior fabricante de TI da atualidade.

Além de ajudarmos na transição para o Microsoft Teams, auxiliamos sua empresa a se tornar mais produtiva, integrada e alinhada aos seus objetivos!

Que tal conhecer mais sobre os serviços da iamit? Então converse conosco e descubra como podemos ajudar seu negócio!

Saiba quais erros a se evitar na hora de definir o Budget de TI da sua empresa

O setor de TI desempenha um papel de protagonismo cada vez maior nas organizações. Em tempos de transformação digital, é ele o responsável por planejar e gerenciar a inovação tecnológica na empresa, criando oportunidades e negócios. Por isso, é fundamental calcular com eficiência o budget de TI.

Ainda assim, alguns erros são muito comuns em boa parte das empresas. Afinal, você sabe como funciona o bugdet dessa equipe, qual seu impacto e o que levar em conta na hora de calculá-lo?

É justamente o que mostraremos neste post sobre o tema. Então, aproveite a leitura!

Entenda o que é o budget de TI

O budget de TI é o orçamento destinado a manter as atividades dessa equipe. Na prática, isso significa que todo o investimento em tecnologia, a implementação e a própria manutenção dessas soluções dependem do valor destinado a esse fim.

Toda aquisição de software e hardware, por exemplo, entra no budget de TI. Logo, o planejamento da empresa está diretamente relacionado a esse orçamento. Em curto, médio e longo prazo é o budget de TI que ditará o ritmo de alguns avanços operacionais e de infraestrutura.

É importante ter em mente, por exemplo, que a tecnologia é o motor da inovação para as empresas dos mais variados setores do mercado. Em tempos de digitalização cada vez maior dos negócios, deixar de investir nisso significa renunciar a oportunidades — e, para ir além, deixar os concorrentes ocuparem um espaço que poderia ser da sua empresa.

Ainda assim, é preciso levar em conta a realidade de cada organização para investir com inteligência.

Conheça os 5 principais erros que podem atrapalhar o budget de TI

O trabalho da TI causa impacto em todos os departamentos da empresa. Por isso, é comum que alguns pontos passem despercebidos na hora de planejar o budget do setor. Veja os erros mais críticos.

Infraestrutura defasada ou muito robusta para as necessidades da sua empresa.

Acertar a dose no investimento em infraestrutura nem sempre é tarefa fácil. Na hora de calcular o budget de TI, muitas empresas cometem o erro de superdimensionar o investimento em tecnologia. Outras, por outro lado, minimizam a importância do assunto por acreditarem que sua infra atual dá conta do recado.

O erro está em não olhar para o cenário mais amplo. Não adianta investir no que há de mais sofisticado no mercado se aquela tecnologia não é a prioridade da empresa.

Gestão de TI isolada do restante da empresa

Se a tecnologia é utilizada em todos os departamentos, é fundamental estudar as oportunidades para inovar em cada setor. No entanto, muitas empresas focam exclusivamente no dia a dia da TI — o que impede o crescimento do negócio por falta de melhorias operacionais que integrem a TI com as outras áreas.

Sua TI não conta com um plano de expansão de acordo com o negócio

Se o planejamento estratégico é a bússola da TI, é preciso estar preparado para acompanhar o crescimento do negócio. Investir demais em hardware físico, por exemplo, pode tornar a infraestrutura muito engessada, dificultando a escalabilidade da TI. É necessário sempre pensar em opções tecnológicas que auxiliem na expansão do negócio.

Já a nuvem, por sua vez, tem flexibilidade suficiente para atender a diferentes demandas com mais agilidade e menor custo.

Não capacitar seus colaboradores ou não ter um parceiro de outsourcing de TI

Quem lida com as soluções tecnológicas deve ser capaz de tirar o máximo proveito delas. Um erro comum é pensar apenas na infraestrutura, ignorando as habilidades das equipes.

Lembre-se que toda inovação deve ser planejada — e um plano eficiente é aquele que prevê treinamentos antes da implementação de qualquer ferramenta.

Em alguns casos, esse erro é causado pelo excesso de confiança na própria equipe. Certas tecnologias exigem muito know how para a implementação e o uso. Então, não abra mão de um parceiro de outsourcing de TI, para garantir eficiência e reduzir custos.

Usar softwares e dispositivos desatualizados

A gestão de ativos nem sempre recebe a atenção que merece. Essa falha resulta em uma infraestrutura atrasada, seja pela falta de renovação do hardware, seja pela falta de atualização de softwares e licenças.

Esse erro tende a comprometer o desempenho das equipes e gerar custos elevados com manutenção. Algumas empresas chegam a contratar soluções adicionais para funcionalidades que suas próprias soluções já cobrem nas versões mais atualizadas.

A dica é integrar a gestão de ativos físicos e digitais, mantendo o controle sobre as licenças e as atualizações como um todo.

Confira o que levar em conta na hora de planejar e otimizar o Budget de TI

Para evitar os erros acima, é interessante adotar algumas práticas antes de definir o budget de TI. Veja as mais importantes.

Busque o apoio de especialistas

Um parceiro de outsourcing de TI é o primeiro passo para ter mais tranquilidade nesse processo. Busque uma consultoria com profissionais capacitados e experientes. O processo envolverá analisar as demandas específicas da sua empresa para identificar as tecnologias adequadas para cada equipe e estimar o custo total (da implementação até a manutenção).

Tenha uma infraestrutura de TI que atenda às suas necessidades

É importante repetir: tenha como referência a estratégia de negócios e as necessidades da empresa. Não há por que contar com uma infraestrutura extremamente robusta se sua demanda por tecnologia é simples. A vantagem de contar com o outsourcing de TI é justamente ter o olhar apurado de quem mais entende do assunto para buscar esse equilíbrio.

Considere migrar para a nuvem

A nuvem é um serviço cada vez mais acessível e personalizável. Busque opções que atendam às necessidades da sua empresa e faça uma comparação dos custos. A migração pode trazer uma redução de custos valiosa, abrindo espaço no budget de TI para investir em outras frentes.

Saiba como a iamit pode ajudá-lo a otimizar o budget de TI da sua empresa

A iamit é referência nacional em outsourcing de TI. Com mais de 20 anos de experiência na implantação de projetos de infraestrutura de TI e gestão de Data Centers, a empresa contabiliza mais de 400 projetos entregues para parceiros dos mais variados setores de atuação.

Para otimizar o budget da sua equipe, vale a pena conferir, por exemplo, o serviço de Gestão de Patches. Nele, os especialistas da iamit acompanham de perto as atualizações dos computadores, garantindo que elas sejam feitas com rapidez e minimizando o impacto na sua operação.

Tudo é feito com um alto nível de automação: o monitoramento, os testes, a implementação e o controle dos patches de suas aplicações. Somado a isso, a iamit conta com um amplo suporte, que pode ser pontual, no modelo Service Desk ou para Servidores (o que inclui a nuvem).

O objetivo é garantir o melhor desempenho da sua rede, dos Data Centers e das aplicações que suas equipes usam no dia a dia. Com equipes altamente capacitadas e o com o que há de melhor em tecnologia de suporte, a iamit antecipa seus problemas para otimizar ao máximo seu ambiente de TI.

São diferenciais que tornam a empresa uma parceira valiosa para quem quer impulsionar a transformação digital nos negócios. Então, coloque essas dicas em prática e conte com o apoio de quem mais entende do assunto para ter sucesso no cálculo do seu budget de TI! Fale conosco.

Segurança da informação: proteja seus dados através do Microsoft intune

A segurança da informação sempre foi uma prioridade das empresas que prezam pelas informações sigilosas de seus colaboradores, clientes, parceiros, entre outras. Entretanto, esse investimento se tornou ainda mais relevante nos últimos anos pelo crescimento exponencial no número de ataques virtuais.

Para que você mantenha a segurança do seu negócio, trouxemos este conteúdo que explica mais sobre o cenário dos ataques cibernéticos dos últimos anos, como BYOD se relaciona com o assunto e qual é a melhor estratégia para proteger os dados da sua empresa!

O aumento dos ataques cibernéticos nos últimos anos

A pandemia do coronavírus foi marcada por um crescimento significativo de ataques cibernéticos às empresas. Essa afirmação pode ser comprovada pela pesquisa The IT Security Team: 2021 and Beyond, que entrevistou 200 empresas brasileiras em relação ao tema.

Segundo o relatório, o Brasil foi o terceiro país que mais sofreu com o aumento de ameaças virtuais em 2020. Alguns insights relevantes que podem ser obtidos com o relatório são:

•             Os ataques cibernéticos cresceram 78%;

•             64% dos entrevistados vivenciaram um aumento nos ataques cibernéticos;

•             38% das empresas foram atingidas por algum ransomware em 2020;

•             69% dos setores de TI registraram um aumento na carga de trabalho da cibersegurança;

•             53% dos entrevistados acreditam que os ataques estão muito avançados.

Quanto ao ano de 2021, as informações do Grupo MZ apontam que os ataques cibernéticos foram 220% maiores no primeiro semestre de 2021 se compararmos ao ano passado. Além disso, os números de empresas que arquivaram documentos sobre ataques foi 150% maior no mesmo período.

Outro relatório que vale mencionar é o Forrester Prediction 2021, que indica que 30% das empresas continuarão acelerando seus investimentos em segurança e gestão de riscos, entre outras tecnologias.

BYOD: um perigo para a segurança da informação

Um dos acontecimentos que mais impactaram nos números de ciberataques foi a adesão do Bring Your Own Device (BYOD ou Traga seu Próprio Dispositivos, em português) pelas empresas. Basicamente, essa é uma estratégia em que os colaboradores utilizam seus próprios aparelhos para realizar as atividades empresariais.

A adoção pelo BYOD ocorreu pelo aumento do Home Office durante a pandemia do Coronavírus. Conforme o relatório de 2021 da Bitglass, 70% das empresas entrevistadas passaram a permitir o BYOD para seus colaboradores durante a pandemia. Ainda segundo o mesmo relatório da Bitglass, essa tática trouxe diversos benefícios, como:

•             45% em redução de custos: são minimizados os gastos com aquisição, manutenção e atualização de equipamentos;

•             68% em aumento da produtividade: os colaboradores utilizam equipamentos que já estão acostumados;

•             7% mais mobilidade: os funcionários podem utilizar os equipamentos em qualquer lugar, facilitando o Home Office;

•             53% maior satisfação do pessoal: BYOD traz mais flexibilidade e liberdade para os colaboradores, beneficiando para a retenção de talentos.

Apesar das vantagens, o BYOD contribuiu para o aumento das ameaças cibernéticas nas empresas. Afinal, os hackers direcionaram seus ataques para os dispositivos pessoais dos funcionários, já que esses últimos estavam utilizando dispositivos de uso pessoal para acessar as informações da empresa.

O estudo DBIR de 2021 da Verizon mostrou que o principal método de ataque utilizado pelos criminosos virtuais foi o phishing (36% dos ataques). Na prática, nesse tipo de ataquem os hackers enviam e-mails, mensagens, solicitações, páginas ou arquivos falsos para as vítimas e, quando elas clicam no link suspeito, o invasor consegue acessar o dispositivo.

Como garantir a segurança da informação em tempos de BYOD

É possível aproveitar das vantagens do BYOD e proteger os dados do negócio. Basta investir nas práticas para segurança da informação dos dispositivos móveis dos colaboradores. Veja os mais efetivos a seguir.

Construir uma cultura de cibersegurança

Cultura de cibersegurança é um conjunto de esforços que envolve a empresa e toda sua equipe — incluindo a alta administração — com o objetivo minimizar ataques virtuais, garantindo o sigilo das informações e a segurança dos dados. Para isso, podem ser tomadas medidas como:

•             Fazer reuniões que conscientizem os funcionários sobre a importância da segurança da informação;

•             Investir em treinamentos que ensinem como os colaboradores podem evitar ataques;

•             Alinhar os gerentes e líderes para que eles orientem os funcionários como agir para garantir a segurança;

•             Incentivar as pessoas a relatarem incidentes, assim o departamento de TI pode aplicar as medidas que evitam mais danos.

Elaborar uma PSI

Política de Segurança da Informação (PSI), segundo definição da ISO/IEC 27001, é um documento que estabelece as diretrizes gerais para gestão da informação. Quando essa política é seguida por todos os usuários, ela ajuda na padronização dos processos, antecipação e mensuração de respostas a incidentes, prevenção a danos e mais. Alguns dos tópicos que o PSI deve conter são:

•             Política de senhas: como devem ser elaboradas as senhas para que elas sejam fortes;

•             Ferramentas de segurança: engloba antivírus corporativo, firewalls, criptografia e outros instrumentos;

•             Respostas a incidentes: quais ações serão tomadas quando ocorrerem quebra de segurança da informação;

•             Correio eletrônico: regras para uso do e-mail corporativo, entre outros.

Limitar o acesso

Ataques aos colaboradores podem ocorrer mesmo com a adoção das precauções explicadas. Por isso, é relevante que o negócio limite o acesso à informação de cada colaborador. Caso um hacker consiga invadir o sistema de um funcionário, por exemplo, ele conseguirá subtrair informações sigilosas ou sensíveis.

Manter compliance com a LGPD

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) traz uma série de princípios e exigências que contribuem para proteção dos dados sensíveis dos clientes, parceiros e colaboradores. Ao prezar pelo cumprimento dessa norma, a empresa também conseguirá minimizar as chances de vazamento de dados.

Os diferenciais do Microsoft Intune para garantir a segurança da informação na sua empresa

O Microsoft Intune é a ferramenta ideal para maximizar a segurança do seu negócio. Esse é um serviço nuvem com foco no MDM (Gerenciamento de Dispositivos Móveis) e MAM (Gerenciamento de Aplicativos Móveis) que possibilita controlar os dispositivos móveis usados pelos funcionários, englobando tablets, smartphones e laptops.

São inúmeras as funcionalidades disponibilizadas por esse sistema, veja alguns exemplos delas:

•             Definição de requisitos de senha e PIN;

•             Implementação de autenticação de dois fatores;

•             Controle da instalação e atualizações de aplicativos;

•             Configuração de políticas para controle de aplicativos e uso de redes;

•             Estabelecer conexão VPN (protege os dispositivos quando conectados a redes públicas);

•             Remoção dos dados da empresa do dispositivo caso ele seja roubado, perdido ou deixe de ser usado;

•             Acesso a relatórios completos de conformidade. Você saberá facilmente quais dispositivos estão atendendo os padrões de integridade e segurança.

Ao utilizá-lo, você poderá tomar todas as medidas para evitar ataques, bem como ampliar o controle sobre os dispositivos móveis de todos da organização. Assim, o seu negócio conseguirá garantir a proteção dos dados mesmo com adoção do BYOD.

Como se não bastasse, o Intune ainda pode ser integrado com o Microsoft Azure e o pacote de produtos do Microsoft 365, trazendo mais flexibilidade, facilidade e produtividade para toda a empresa.

Com o aumento dos ataques virtuais, a segurança da informação é uma das maiores preocupações das empresas atualmente, especialmente para aquelas que utilizam BYOD. No entanto, com o Microsoft Intune você conseguirá tornar sua empresa mais segura, moderna, produtiva e versátil simultaneamente.

Interessou-se pelo Intune? Agende já uma reunião conosco para conhecer nossas soluções!

Saiba por que a sua empresa necessita de suporte de ti mesmo no modelo de trabalho híbrido

O trabalho remoto é cada vez mais comum em empresas do mundo todo. Por conta da pandemia de coronavírus, esse modelo vem se consolidando e, particularmente no Brasil, deve permanecer. Prova disso é uma pesquisa da Amdocs chamada The Rise Of New Enterprise Consumer, a qual apontou que 59% dos brasileiros afirmaram que irão atuar mais  remotamente quando a Covid-19 terminar. Em contrapartida, no México essa porcentagem foi de 40% e, globalmente, 35%.

Nesse contexto, é imprescindível que as empresas continuem priorizando o suporte de TI mesmo que seus colaboradores estejam em home office, de modo a terem uma infraestrutura segura e preparada para promover a produtividade das equipes e um bom atendimento aos clientes. Sabendo a importância dessa estratégia, desenvolvemos este artigo, que traz alguns motivos para investirem na mesma. Confira e saiba mais sobre o assunto.

Vantagens do trabalho híbrido para as organizações

Por mais que o aumento do trabalho híbrido tenha se dado, em boa parte, em função da crise sanitária mundial, as companhias estão percebendo que manter o time presencial e em home office ao mesmo tempo, traz benefícios para a operação. Alguns deles são:

Método que satisfaz os colaboradores

Incentivar a motivação dos funcionários para que tenham boa produtividade é uma das estratégias mais importantes de empresas que esperam ter bons resultados. O modelo híbrido tem ajudado a cumprir com este objetivo.

Segundo estudo da Capterra, aqueles que experimentaram o trabalho remoto, tornaram-se entusiastas da jornada que se divide entre escritório e casa. Dos entrevistados, 66% declararam sua preferência pelo modelo pós-pandemia, o que mostra que este pode ser um caminho sem volta. Outro dado interessante é o da Gartner, o qual diz que 1 em cada 3 colaboradores que começaram a trabalho remotamente afirmaram que a cultura organizacional foi otimizada após a migração.

Flexibilidade da equipe

Com o trabalho híbrido, existe flexibilidade. Isso porque o método permite aos funcionários terem maior controle de suas rotinas e entregas, o que por sua vez também traz maior liberdade. Isso sem contar que, quando trabalham em home office, deixam de perder tempo no deslocamento para ir e voltar da empresa, ganhando horas do dia para realizarem outros compromissos, bem como estarem com a família e fazerem atividades de lazer.

Redução de custos

A partir do momento em que o time presencial é reduzido, a empresa passa a economizar com despesas relacionadas à estrutura, como por exemplo, aluguel, equipamentos, energia elétrica e água. Além disso, conforme o tamanho da equipe, é possível investir em coworkings, os quais possem custos mais acessíveis, bem como podem receber os colaboradores apenas quando é necessário.

Menor rotatividade

O trabalho híbrido também gera menor rotatividade de funcionários, o que automaticamente eleva a continuidade e a solidez das operações. O motivo é que, ao não precisarem estar na empresa todos os dias, ao mesmo tempo em que continuam tendo as responsabilidades diárias, sentem-se valorizados e motivados, tendendo a permanecer mais tempo em suas funções.

Melhor comunicação entre líderes

Com a organização mais vazia presencialmente, a comunicação entre os gestores pode ser aprimorada. Isso porque o acesso se torna mais direto, o que faz com que o escritório se tornasse um hub estratégico para a liderança.

Suporte de TI: essencial para o trabalho híbrido

A migração do ambiente corporativo para o trabalho híbrido ou home office trouxe a demanda por um suporte de TI ainda mais estruturado por parte das empresas. Segundo levantamento global do OTRS Group, 90% dos colaboradores entrevistados afirmaram precisar de mais suporte, pois se encontram em casa por longos períodos e não têm como recorrer, por exemplo, a colegas para o auxílio na resolução de problemas. Vale frisar que, no Brasil, este índice chegou a 92%.

Além disso, o chamado da área de TI, que normalmente tem a expectativa de agilidade, não muda com o modelo. Na mesma medida, quando há atrasos no atendimento dos responsáveis pela tecnologia da informação, os funcionários podem perder em produtividade e se tornarem desmotivados.

Outro aspecto importante é a capacidade de reforço na proteção de dados da organização, para a qual é fundamental criar uma estrutura segura, principalmente em relação à chegada da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), a qual estimula multas de até R$50 milhões para as empresas que a descumprirem. Com um suporte de TI adequado para o modelo híbrido, a organização passa a proteger de forma mais eficiente as informações de clientes, colaboradores e fornecedores.

Por outro lado, companhias com infraestrutura de TI prejudicadas sofrem graves impactos na produtividade, pois podem passar longos períodos sem o suporte necessário para a realização das atividades diárias, bem como sem a importante indicação de quais ferramentas, hardware e softwares devem ser adquiridos pensando no trabalho remoto e como o time será afetado por isso.

Um bom suporte de TI pode ajudar a descobrir o que o negócio precisa hoje para o trabalho remoto e também como as suas demandas podem mudar amanhã. Assim, torna os avanços na tecnologia muito mais fáceis de serem implementados, o que se reflete em melhor competitividade e resultados.

Se você pensa em terceirizar o serviço de suporte de TI na sua empresa, pode contar com a expertise da iamit. Nós garantimos que o suporte da sua organização seja prestado de forma otimizada, segura e em total conformidade com as melhores práticas do mercado.

Entre em contato conosco!

Por que você precisa de um contrato de suporte de TI flexível?

Um dos grandes desafios na gestão de uma empresa atualmente, independentemente de seu porte ou segmento, é a redução de custos. Para piorar ainda mais esse desafio, temos o atual cenário político e econômico, no qual a previsibilidade é incerta.  Nesse cenário, ter um contrato de suporte de TI flexível pode contribuir muito para essa redução, atendendo as necessidades da empresa em relação à infraestrutura de TI.

Nesse artigo, iremos demonstrar o porquê de contratar esse serviço o suporte de TI e a importância de um contrato flexível. Confira!

Contrato de Suporte de TI: por que adotar?

O contrato de suporte de TI é parte importante da contratação de um modelo de terceirização da infraestrutura de TI dentro de uma organização.  É considerado uma solução para gerar melhor custo-benefício no momento de adquirir equipamentos e/ou serviços, como ferramentas de gestão, monitoramento, suporte e administração da área de TI, por exemplo.

Por meio do outsourcing de TI as empresas podem garantir, por exemplo, a entrega de dispositivos tecnológicos com um leque de serviços que garantem a segurança e o cumprimento de Service Level Agreement (SLA) de atendimento.

É importante avaliar e pontuar os SLAs no momento de contratar uma empresa terceirizada de TI, pois é uma forma do cliente mensurar o serviço oferecido, avaliar o desempenho e o atendimento prestado. Com a possibilidade de ter vários acordos de nível de serviço, os contratos de TI se tornam transparentes e apresentam métricas relevantes para que o gestor possa monitorar, ampliar o controle e avaliar resultados.

Quando uma empresa realiza a contratação de um serviço de outsourcing, ela tem a garantia de suporte de profissionais especialistas de TI e não precisará mais se preocupar com manutenção e segurança, por exemplo.

Se a sua empresa precisa ter mais flexibilidade, o contrato de suporte de TI pode ser uma ótima solução porque oferece diversas vantagens, entre elas:

Melhor custo-benefício

O modelo de outsourcing de TI é uma forma de as empresas controlarem melhor as despesas do setor, ter acesso a modernas tecnologias e maior clareza desses investimentos.

Agilidade

A solução de problemas com mais rapidez é outro benefício ao contratar um serviço terceirizado de TI. As demandas serão resolvidas por um time capacitado e especializado, garantindo eficiência e qualidade nas entregas do setor.

Foco no negócio

As atividades da área de TI quando realizadas internamente demandam tempo e fazem com que os funcionários tirem o foco do que realmente interessa para alavancar o negócio.  Com um contrato de suporte de outsourcing, todas essas atividades serão executadas pela empresa parceira e a gestão de TI será mais assertiva.

Diminuição de falhas

Com um contrato de suporte, erros e falhas no setor de TI são detectados e resolvidos de forma ágil. Assim, esse processo é capaz de reduzir a ocorrência de problemas que prejudicam a operação da empresa.

Segurança de dados

Com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) em vigor, garantir a segurança das informações da empresa e de seus clientes é uma das maiores preocupações dos gestores. O serviço de outsourcing é capaz de avaliar a infraestrutura e indicar a solução mais adequada para garantir a segurança das informações do negócio.

Todos esses benefícios comprovam que o contrato de suporte de TI é um investimento interessante para qualquer empresa. Vale ressaltar que esses são apenas alguns dos benefícios para os gestores que optam pelo outsourcing de TI.

A importância da flexibilidade do suporte de TI

O contrato de suporte de TI garante que ao contratar uma solução de outsourcing de TI, a infraestrutura seja flexível e adaptável às necessidades da empresa, com recursos adequados para o crescimento do negócio, sem gastar mais do que é preciso.

A flexibilidade é uma das maiores vantagens do outsourcing de TI, pois apresenta soluções mais adaptáveis e processos ágeis, além de resolver emergências de forma rápida e eficiente.

A flexibilidade de um contrato de suporte pode auxiliar a empresa nos seguintes casos:

  • Cobertura de férias;
  • Projetos com prazos definidos;
  • Soluções para demandas e problemas urgentes;
  • Aumento da equipe de TI da empresa.

Em suma, a flexibilidade de suporte de TI garante que o gestor terá, na medida em que a empresa escala, a estrutura necessária para acompanhar a demanda do negócio.

Flexibilidade: uma das principais características do contrato de suporte de TI da iamit

Agora que você já sabe da importância de um contrato de suporte de TI flexível, é hora de apostar em um parceiro qualificado e experiente como a iamit, referência no mercado nacional na implantação de projetos de infraestrutura de TI e prestação de serviços de gestão de Data Center e TI.

A iamit oferece soluções de contrato de suporte que englobam diversas áreas da infraestrutura de TI, incluindo redes, servidores, nuvem e banco de dados.

Com profissionais altamente capacitados e modernos recursos e ferramentas de suporte, a iamit trabalha de maneira proativa, ou seja, se antecipando aos problemas para garantir o desempenho máximo do seu ambiente de TI.

Conheça as opções de suporte:

Servidores e Cloud

Service Desk

Suporte pontual

  • Atendimento 24×7;
  • Profissionais certificados;
  • Equipe multidisciplinar;
  • Laboratórios de troubleshooting.

A iamit possui anos de experiência no Suporte de Infraestrutura de TI, com uma abordagem assertiva, o que garante que suas soluções sejam desenvolvidas e bem gerenciadas em torno dos objetivos da sua companhia.

Nosso contrato de suporte de TI flexível garantirá que sua empresa tenha uma operação otimizada, segura e em total conformidade.

Contate nossos especialistas e entenda como o contrato de suporte flexível da iamit pode ajudar sua empresa!

24×7: por que a sua empresa deve adotar um service desk nesse formato?

A transformação digital exige das empresas uma maior capacidade de oferecer serviços digitais de forma ininterrupta. Ou seja, com elevado nível de disponibilidade. Do contrário, as companhias abrem espaço para a concorrência e passam a ter menos chances de manter a competitividade em um excelente patamar. Esse cenário contribui para a contratação de Service Desk no formato 24X7.

À medida que uma corporação tem um suporte de Tecnologia da Informação (TI) competente e atento, maiores são as chances de prevenir os problemas e de minimizar os efeitos de situações que possam afetar a qualidade dos trabalhos. É um ponto que deve ser levado em consideração pelos empreendedores, principalmente por causa do maior interesse dos consumidores pelas compras em meios digitais.

Neste artigo, vamos destacar tópicos relevantes sobre como um Service Desk em tempo integral pode contribuir para uma empresa estar mais próxima dos anseios do público-alvo. Confira! 

Modelo 24×7 ou 8×5: qual escolher para a sua empresa

A maioria das organizações reconhece que o cuidado com a segurança da informação é importante para manter a produtividade alta. Uma forma de prevenir incidentes, como roubo ou vazamento de dados, é por meio de ações voltadas para o monitoramento da infraestrutura de TI.

Uma das modalidades mais adotadas é a 8X5, que pode atender boa parte das instituições, já que contempla o horário comercial. Nesse caso, esse atendimento pode ser implantado para equipes de TI que não atuam em regime de plantão.

Nesse caso, as demandas fora do horário de expediente podem ser cobertas pelo uso de alertas que informam ao responsável pelo setor de TI a ocorrência de eventuais problemas. Dessa forma, há uma comunicação que ajuda a acionar a equipe no caso de imprevistos.

Entretanto, para as companhias em que a infraestrutura de TI é essencial para o negócio e que interrupções imprevistas podem gerar prejuízos milionários, a recomendação é optar pelo monitoramento 24X7. Normalmente, o setor industrial adota esse estilo de Service Desk, porque a paralisação dos serviços por longos períodos é muito ruim para as finanças e a imagem corporativa.

Esse estilo de monitoramento também é empregado por corporações que adotam o NOC e precisam contar com um elevado nível de disponibilidade das atividades de TI. Um bom exemplo disso são as empresas que prestam serviços de computação em nuvem.

Service Desk 24×7: os motivos para adotá-lo

É comum haver dúvidas sobre o melhor modelo de monitoramento para investir. Com o intuito de facilitar a sua decisão, vamos apresentar as vantagens de apostar no modelo 24X7, muito usado pelas empresas em virtude dos impactos provocados pela transformação digital. Acompanhe!

Redução de custos

Um dos grandes benefícios desse formato de monitoramento consiste na possibilidade de cortar custos de forma significativa com a manutenção corretiva de equipamentos. Afinal, um acompanhamento constante possibilita identificar eventuais falhas nos recursos com mais facilidade, o que é fundamental para a prevenção de falhas.

Atualmente, é necessário muito planejamento para investir em soluções tecnológicas, já que elas apresentam um custo alto na maioria dos casos. E uma companhia deve gerenciar o orçamento com eficiência para manter a capacidade de fazer investimentos estratégicos e evitar o endividamento.

Agilidade na resolução de problemas

A famosa frase “Tempo é dinheiro” nunca esteve tão em evidência no mundo corporativo. E essa tendência se torna ainda mais forte por causa da transformação digital. Um dos motivos é que a interrupção de um e-commerce por várias horas, por exemplo, pode acarretar uma queda bastante expressiva no faturamento.

E uma das melhores alternativas para evitar essa situação consiste no monitoramento 24X7, no qual a equipe de TI está muito atenta para identificar e resolver os problemas rapidamente. Afinal, o Service Desk se caracteriza por contar com profissionais altamente capazes de resolver demandas que apresentam níveis altos de complexidade.

Aumenta a produtividade da sua organização

Ao minimizar as paralisações nos sistemas voltados para a prestação de serviços ao público-alvo, uma corporação tem condições mais favoráveis para aumentar a produtividade. Isso acontece porque os colaboradores contam com os recursos necessários para executar as tarefas com eficiência e rapidez, independentemente do grau de complexidade.

Não finalizar uma venda em virtude de o sistema ficar “fora do ar” é algo que desgasta tanto o funcionário como o cliente. E evitar esse problema, sem dúvida, ajuda a expandir o engajamento da equipe, fator imprescindível para uma performance notável. E isso pode estar plenamente ao alcance de uma empresa, desde que opte pelo monitoramento 24X7.

Garantia de disponibilidade da infraestrutura a qualquer momento

O bom desempenho da infraestrutura de TI tem um peso cada vez maior para as empresas. Afinal, não adianta contar com excelentes profissionais, caso eles não tenham condições de utilizar as soluções tecnológicas de forma plena.

Por isso, é muito relevante adotar mecanismos para garantir que os recursos de TI apresentem uma disponibilidade próxima de 100%. Essa conjuntura tem favorecido as empresas a apostar em mecanismos de acompanhamento 24X7, pois trata-se de uma alternativa para os equipamentos e a rede serem devidamente monitorados e protegidos de ameaças virtuais e de falhas que prejudiquem a performance de forma significativa.

O que a sua empresa ganha ao deixar a solução de Service Desk 24×7 nas mãos da iamit?

Não é simples optar por parceiros que ajudem a utilizar a TI de maneira estratégica e inteligente. Com foco em proporcionar ótimos resultados para os clientes, a iamit disponibiliza o serviço de Service Desk 24X7, que se caracteriza por uma atuação proativa e pela velocidade de identificar problemas potenciais.

Além disso, a empresa proporciona um atendimento personalizado que leva em consideração as necessidades dos clientes. Dessa forma, consegue não apenas aumentar a disponibilidade dos serviços de rede, mas também expandir o nível de satisfação dos usuários de TI.

Se está em busca de um Service Desk diferenciado e ágil, entre em contato conosco agora mesmo. Estamos à disposição para ajudar o seu negócio a estar mais conectado com o público-alvo e as tendências do mercado!

Entenda a real importância de um SLA de atendimento na hora de escolher um parceiro de suporte de TI

Quando falamos sobre suporte de TI, englobamos diversas demandas que pedem soluções rápidas e assertivas para manter o bom desempenho dos negócios. Mas, quando essas demandas são contínuas e começam a se acumular, as entregas podem virar grandes desafios – afinal, não dá para atender ao mesmo tempo todos que querem “tudo para ontem”, não é mesmo?

É aí que entra a importância do SLA de atendimento, uma solução insubstituível para garantir a devida qualidade no atendimento dos envolvidos nesses tipos de demandas.

Para entender melhor o que é SLA, sua importância e principais benefícios, basta conferir os tópicos que preparamos a seguir neste artigo para você.

Mas afinal, o que é SLA de atendimento?

SLA, vale dizer, é uma sigla inglesa que significa “Service Level Agreement”, que em português pode ser traduzida como Acordo de Nível de Serviço.

Na gestão de TI, o SLA aparece como uma ferramenta que documenta prazos, níveis e quantidades de entregas. Dessa maneira é possível atender grandes demandas de pedidos sem comprometer a eficácia e a produtividade.

O SLA atua na organização quanto aos tipos de entregas entre duas partes: o fornecedor de soluções e o cliente. É por meio desse acordo que níveis de desempenho e qualidade no serviço serão mensurados e acompanhados – o que, se não forem cumpridos, poderão gerar multas por quebra de contrato.

Quais as principais informações que devem constar em uma SLA de atendimento?

Entre os principais tipos de informações que devem constar no SLA, estão:

  • Descrição dos serviços prestados;
  • Quem são os solicitantes dos serviços;
  • Como os serviços podem ser solicitados;
  • Qual o nível esperado de qualidade;
  • Qual o nível mínimo de disponibilidade;
  • Qual o prazo para atendimento;
  • Qual o prazo para a finalização da entrega;
  • Quais são os custos.

É muito importante que todas as descrições documentadas no SLA estejam claras e objetivas para o fácil entendimento de todos, pois esse cuidado evita possíveis desencontros de informações ou de expectativas entre as partes.

Entretanto, é importante ir além das indicações dos serviços prestados. Descrever o que não está incluso no contrato é tão importante quanto a sua abrangência. Outro ponto importante é criar acordos sobre em que circunstâncias os profissionais de TI poderão tomar decisões de maneira autônoma.

Conheça os diferentes tipos de SLA de atendimento

Existem dois tipos de SLA de atendimento: o SLA focado no cliente e o SLA que tem foco no serviço. Entender as características de cada um é fundamental para que ambos não sejam confundidos na elaboração do documento. Confira:

SLA focado no cliente

Como o nome entrega, esse tipo de SLA é totalmente documentado em função do cliente. Nele, estão exigências, obrigações, expectativas e metas.

Nos casos de equipes de TI que atendem diversas empresas, o SLA é elaborado para atender diferentes grupos de organizações com características semelhantes, facilitando a gestão.

De maneira bem resumida, no SLA focado no cliente devem estar descritas as condições de fornecimento dos serviços contratados, levando a um nível maior no detalhamento conforme todas as demandas incluídas na contratação.

SLA focado no serviço

Se o SLA focado no cliente é mais personalizado conforme os tipos de demandas, o SLA focado no serviço padroniza as entregas para diferentes grupos de clientes. Com isso, busca-se otimizar as entregas do serviço, gerando agilidade para o prestador.

Ainda que pareça uma opção desvantajosa quando se pensa na personalização do SLA focado no cliente, o SLA focado no serviço pode garantir um mesmo alto nível de entrega para todos os solicitantes.

Para empresas que não demandam tantas soluções específicas de gestão de TI, essa é uma excelente alternativa que pode ter custos menores. Vale ressaltar ainda que é possível definir um modelo híbrido, prezando por serviços específicos somente em determinadas entregas.

Quais as vantagens da SLA de atendimento com um parceiro de suporte

Se aplicado corretamente, o SLA só trará benefícios para cliente e contratado e será uma ferramenta que pode facilitar as soluções para empresas que precisam de serviços de gestão de TI, mas estão com dúvidas sobre como encontrar a melhor solução para suas necessidades.

E são muitos os benefícios que podemos citar no SLA:

Alinhamento à operação

Nos modelos de SLA definidos existem diretrizes bem explicadas que baseiam as operações. Como consequência, restam poucas dúvidas sobre como os serviços devem ser entregues – seja para quem contratou ou para quem presta o serviço.

Além disso, é possível adequar a SLA conforme possíveis necessidades ao longo da parceria.

Alinhar as expectativas da sua empresa

Quanto mais claras as informações sobre os serviços oferecidos, melhor será a relação entre as partes ao longo de toda a parceria. Isso evitará, principalmente, problemas que podem ser decorrentes de falhas de comunicação.

A SLA atua para reduzir esses possíveis incidentes a um nível mínimo e garantir ampla satisfação da empresa contratante.

Segurança jurídica

Possíveis problemas em um acordo não formalizado podem resultar em casos na esférica jurídica. Com uma SLA, sua empresa terá a certeza de que será atendida em todas as necessidades na gestão de TI.

A segurança jurídica é importantíssima para ambas as partes. E quando se trata de serviços que podem ser tão variados, como em TI, essa documentação é imprescindível.

Eficiência de atendimento

Com a devida transparência no acordo e as ações sendo controladas, a empresa contratada entenderá quais são as expectativas sob seu nível de serviço.

Através do nível de atendimento, os profissionais saberão quais são as principais etapas que devem ser seguidas para garantir total eficiência ao serviço.

Além disso, as classificações quanto ao nível de atendimento permitem uma evolução constante que será benéfica para ambos os lados, alcançando ainda maior otimização em cada demanda.

Conte com a iamit para soluções em suportes de TI

Com mais de 20 anos de experiências e 400 projetos entregues, a iamit é uma empresa especializada em soluções de tecnologia.

Seu amplo portfólio com serviços completos como consultoria de TI, permitem à iamit assumir o total funcionamento de empresas de quaisquer portes. Exemplo disso, são os serviços prestados para clientes como Globo, Bradesco, Fleury, Embratel e GRSA.

Quer saber como utilizar uma infraestrutura completa de TI com SLA perfeito para suas necessidades? Fale agora mesmo com os analistas da iamit!