Antes e depois: como sua empresa pode se transformar com a terceirização de TI - Blog - iamit

O outsourcing de TI surgiu como forma de reduzir gastos, suprir as necessidades tecnológicas e aumentar a produtividade da empresa, dentre outros benefícios.  Mas as vantagens não param por aí.  Continue lendo este artigo e descubra como é o antes e depois no dia a dia de uma empresa que decidiu terceirizar o seu departamento de TI. 

Férias de funcionários: uma dor de cabeça a menos 

A situação que descreveremos a seguir é fictícia, mas ela pode muito bem acontecer em qualquer empresa, independente de seu segmento.  

É mais um dia de trabalho para João, diretor de TI.  No departamento, além dele, trabalham mais dois funcionários. Um está de férias e o outro adoeceu repentinamente e foi afastado por, pelo menos, uma semana.  João está sozinho e justamente neste dia, a empresa inteira está com problemas que envolvem as responsabilidades do departamento TI. 

Além de resolver essas demandas, ele precisa entregar um projeto importante e lidar com as tarefas rotineiras do setor. Ele não consegue e tudo isso desencadeia uma série de problemas para a empresa, pois os outros setores param por completo e não conseguem atender aos clientes.  Resultado: queda na produtividade e prejuízos financeiros. 

A terceirização da área de TI é uma tendência mundial e é uma etapa importante de um bom planejamento estratégico.  Se a empresa de João já tivesse aderido ao outsourcing, certamente ele não teria passado por esse grande estresse, ao tentar atender a todos e ainda cumprir com as demais obrigações, e nem a empresa ficaria com  um déficit em sua equipe de colaboradores, já que a prestadora de serviços tem a obrigação contratual de repor o funcionário que está em férias ou faltante, sem prejudicar o fluxo de trabalho da empresa contratante e com a mesma qualificação profissional. 

SLA nas entregas, o antes e depois 

O SLA nas entregas (service level agreement, no original, em inglês) é outro fator que influencia no antes e depois da terceirização.  Vale ressaltar que o SLA é uma parte importante do contrato entre a prestadora de serviços de TI e a empresa, já que é ele que define quais serviços serão prestados, gestão de problemas, garantias e prazo de entrega, entre outros. 

Além disso, o foco de uma SLA em TI é fazer com que a empresa alcance  suas metas com as soluções oferecidas pela terceirizada, de forma muito mais segura, fácil e eficaz. 

Nosso diretor fictício, João, tinha muitos problemas com a SLA. Seu funcionário não cumpria o prazo de entrega e, quando conseguia entregar o trabalho, era de baixa qualidade. E João não tinha uma alternativa que não o demitir, o que geraria custos trabalhistas para a empresa, que entraria na temida rotatividade da TI (turnover). 

Mas esses problemas deixaram de existir depois que João terceirizou a área de TI. Além de conseguir eliminar o turnover, agora ele também tem a garantia de que os prazos de entrega serão cumpridos.   

Conte sempre com uma equipe multidisciplinar 

Outro antes e depois que também se tornou vantajoso para João, foi a possibilidade de contar com uma equipe multidisciplinar, ágil na definição e na implementação de processos, sendo capaz de atender qualquer projeto da empresa. 

A grande vantagem para João é que agora ele não precisa mais se preocupar, e nem investir, com treinamentos e certificações de funcionários que, invariavelmente, acabavam deixando a empresa. 

Agora, a empresa tem a sua disposição uma gama de profissionais qualificados e atualizados como que há de mais moderno no mundo da tecnologia.

 Atualmente, é a empresa de outsourcing de TI que precisa investir nesses treinamentos constantes e garantir a competitividade e a rápida solução de problemas. 

Relação impessoal x relação pessoal 

Em um contrato de terceirização de TI, a relação pessoal (o contrato) será entre a contratada e a contratante.  No caso da empresa de João, por exemplo, a equipe terceirizada não tem nenhum vínculo empregatício, ficando a responsabilidade de gerir contratos, pagamentos, desligamentos e outros trâmites trabalhistas sob total responsabilidade do serviço de outsourcing. 

Aqui também é clara a diferença entre o antes e depois: enquanto antes de terceirizar, a empresa de João era a responsável por gerir toda essa parte de recursos humanos do departamento de TI, depois que passou essa incumbência para a prestadora, pode focar em seu core business e alcançar uma maior eficiência.  

Ao decidir pela terceirização do departamento de TI, especialmente nos casos mencionados acima, a empresa tem a garantia de que toda a manutenção da infraestrutura, incluindo equipamentos e softwares, sejam executados e mantidos por profissionais capacitados e especializados nas mais diversas vertentes da tecnologia. 

Pense que terceirizar parte ou todo departamento de TI irá atender as necessidades de sua empresa constante e ininterruptamente, sempre com a melhor qualidade do serviço prestado.  Afinal, a área de TI não pode parar! 

Se interessou em entrar para o time do antes e depois da terceirização? Entre em contato com a Iamit! Será um prazer ajudar!

Compartilhe esse artigo:
comments powered by Disqus